ISaloni Milano – Salone del Mobile Milano – Salão do móvel de Milão – 2017

Em Abril de 2017 fui a feira do salão do móvel em Milão, que é um sonho para qualquer profissional da área, e faz jus a sua fama. Ela expõe novos produtos, assinados por famosos designers e artistas, recebendo até 160 países diferentes, com o mercado de olho em novas ideias e inspirações.

História

O Salão do Móvel surgiu em 1961 para divulgar a exportação do mobiliário italiano, e atualmente é o ponto de referência em âmbito mundial do setor mobiliário, ocupando um espaço de 230 mil metros quadros com cerca de 2.500 expositores.

Sobre a feira

Ela acontece no distrito expositivo de Rho, que é um pavilhão enorme com uma arquitetura maravilhosa e vários galpões independentes. Esses galpões estão separados em clássico, moderno e design.

Todo ano a Feira apresenta uma exposição especial. Em 2017 o Salão hospedou o Euroluce (iluminação) e o Workplace 3.0/Saloneufficio (design e tecnologias para escritórios). Foram 2 galpões enormes com uma infinidade de novidades.

 

Na feira você pode ver, tocar e experimentar o melhor que a indústria moveleira pode oferecer, do clássico ao design moderno, além daquilo que determinará as tendências de amanhã. Além dos lançamentos que englobam o tema do mobiliário e iluminação, grifes internacionais aproveitam para revelar ações especiais criadas especialmente para o evento. Entre elas estão grandes marcas: Fendi, Versace e Armani.

 

FuoriSalone

Paralelamente à feira, a cidade conta com o chamado Fuorisalone, que reúne vários projetos culturais e abre as portas de alguns de seus locais históricos e lojas para numerosos eventos nas zonas de Brera, Lambrate, Porta Romana, além das novas localizações que surgem anualmente. A região de Brera é a mais famosa e fica bem agitada durante a Feira.

 

 

Design Brasileiro

design brasileiro marcou presença no Salão do Móvel de Milão. No Fuorisalone, na Universidade de Milão, aconteceu o evento Be Brasil, organizado pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos), com a exposição de peças selecionadas de 60 empresas brasileiras dos setores de mobiliário, iluminação, rochas ornamentais e cerâmicas. O Sindmóveis Bento Gonçalves, em parceria com a Apex-Brasil, levou para o pavilhão 12 o Projeto Raiz, com um stand coletivo assinado por nove designers: Bruno Faucz, estudiobola, Guto Indio da Costa, Jader Almeida, Juliana Llussá, Marta Manente, Paulo Alves, Ronald Scliar Sasson e Sérgio Fahrer.

Tendências

Pude observar grande uso do couro, madeira e ferro, este último usado nos mais diferentes acabamentos e cores. Nas cores prevaleceu o rosa claro (que junto do azul claro foi a cor escolhida da Pantone para 2016) que continua forte, o abobora, mostarda e verde (cor da Pantone de 2017).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As bancadas ganharam um ar arredondado nas bordas e as mesas, pendentes descentralizados. As cozinhas com suas mais modernas tecnologias e a tendência de esconder todas as bancadas e armários com portas, tornando um volume único fechado.

Informações gerais

Apesar da feira ser voltada para arquitetos, designers e lojistas, ela pode ser visitada por qualquer pessoa. O ingresso é vendido a mais ou menos 24 euros o dia e tem várias modalidades de pacotes, podendo ser comprado no site com desconto, ou na porta.O pavilhão fica localizado um pouco distante do centro de Milão, mas é fácil chegar com transporte público, principalmente de metrô que chega praticamente na porta do evento.

 

By | 2017-08-09T20:01:05+00:00 agosto 8th, 2017|Uncategorized|0 Comentários

Deixar Um Comentário